Sociedade

Mortes por chuvas no RS chegam a 147; estado tem 127 desaparecidos

Números constam no balanço divulgado na manhã desta segunda-feira pela Defesa Civil

Chuvas: o estado da BR-116, em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul Foto: Nelson ALMEIDA / AFP
Apoie Siga-nos no

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul confirmou, nesta segunda-feira 13, a morte de mais duas pessoas em decorrência das chuvas, enchentes e deslizamentos do final de semana. Com isso, chega a 147 o número total de óbitos pela tragédia climática.

O boletim, atualizado ao meio dia desta segunda, traz ainda a informação de que 127 pessoas seguem desaparecidas. Os feridos somam 806.

Ainda de acordo com os dados oficiais, são 447 cidades que registram ocorrências causadas pelas chuvas no Sul. Ao todo, mais de 2,1 milhões de residentes no estado foram afetados.

Veja abaixo mais dados do boletim desta segunda:

  • Pessoas em abrigos: 79.540
  • Desalojados: 538.241
  • Pessoas resgatadas: 76.470
  • Animais resgatados: 10.814

Nesta segunda-feira, a previsão é de que as chuvas sigam intensas. Há previsão de novos alagamentos e o estado tem alerta para deslizamentos.

Uma ponte entre Nova Petrópolis e Caxias do Sul cedeu com as águas. Caxias, aliás, registrou tremor de terra nesta madrugada pela movimentação do solo encharcado. Em Gramado, uma estrada desabou.

Uma projeção de estudiosos gaúchos indica que, nesta semana, as águas do Guaíba podem atingir nível recorde. Os rios Taquari e Caí voltaram a transbordar.

ENTENDA MAIS SOBRE: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo