Sociedade

Governo federal paga auxílio de R$ 5,1 mil para 34 mil gaúchos nesta quinta

Ideia do governo é ter pelo menos duas listas por semana para agilizar os repasses

Bairro São José, em Lajeado (RS), em 16 de maio de 2024. Foto: Nelson Almeida/AFP
Apoie Siga-nos no

O primeiro lote de pagamento do Auxílio Reconstrução será repassado nesta quinta-feira 30 a 34.196 famílias do Rio Grande do Sul que foram afetadas pelas enchentes.

Segundo o governo federal, a informação para pagamento já foi transmitida à Caixa, responsável pelo repasse de 5,1 mil reais a cada família. O investimento do Governo Federal nessa primeira leva será de 174 milhões de reais.

O ministro Paulo Pimenta, da Secretaria Extraordinária de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, explicou que a ideia do governo é ter pelo menos duas listas por semana para agilizar os repasses.

“Na medida em que as listas forem chegando das prefeituras, serão disponibilizadas no site e, tão logo as pessoas validem as informações sobre as famílias, o prazo é de 48 horas para o dinheiro estar na conta”, afirmou.

Regras

Para receber o benefício, é preciso se cadastrar como família desalojada ou desabrigada, com residência em áreas integralmente inundadas ou danificadas.

É preciso que o município da família tenha tido a situação de emergência ou calamidade pública reconhecida pelo governo federal até 15 de maio. A lista completa de municípios está na página do Auxílio Reconstrução.

O cadastro das famílias é feito pelas prefeituras. Os municípios, por exemplo, devem identificar o “responsável familiar”. Vale destaque para o fato de que pessoas que moram sozinhas terão direito ao auxílio.

Com o cadastro feito, a Caixa Econômica Federal vai realizar os depósitos nas contas bancárias.

ENTENDA MAIS SOBRE: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo