Sociedade

Fundadora do Magazine Luiza morre aos 97 anos, em São Paulo

A empresária Luiza Trajano Donato, conhecida como tia Luiza, foi quem inaugurou a loja que deu origem ao império varejista comandado atualmente pela sobrinha, Luiza Helena Trajano

Foto: Divulgação/Magalu
Apoie Siga-nos no

A empresária Luiza Trajano Donato, fundadora do Magazine Luiza, morreu aos 97 anos, nesta segunda-feira 12, em Franca, São Paulo. Conhecida como tia Luiza, ela quem criou a loja de presentes que daria origem à gigante varejista brasileira, atualmente comandada pela sua sobrinha, Luiza Helena Trajano.

Luiza Trajano Donato, segundo a TV Globo de SP, faleceu na própria residência por causas naturais. Ela será velada e enterrada em Franca, cidade em que fundou a primeira loja do Magazine.

Fundação da varejista

A empresária tia Luiza era vendedora quando, em 1957, resolveu abrir o próprio negócio ao lado do marido, Pelegrino José Donato. Localizada em Franca, a loja de presentes A Cristaleira, mais tarde rebatizada de Magazine Luiza, deu lugar ao atual negócio, considerado um dos maiores no ramo varejista do País.

Sem filhos, ela comandou o império de lojas até os anos 1990, quando escolheu sua sobrinha, Luiza Helena Trajano, como sua sucessora. A empresária é atual presidente do conselho de administração da empresa.

A rede de lojas divulgou uma nota sobre o falecimento:

“Muitos dos valores que hoje regem os mais de 30 000 colaboradores do Magalu são reflexo do jeito de pensar e de agir de sua fundadora. Tia Luiza tinha uma energia quase inesgotável para o trabalho. Não importava se a tarefa a ser feita era empacotar um produto ou descarregar um caminhão de mercadorias”, diz um trecho do comunicado.

“Era uma vendedora apaixonada, que conhecia as necessidades, os gostos e as possibilidades de seus clientes. Cada um deles era e deveria ser tratado como alguém especial, como a razão de ser do negócio”, completa a publicação.

Luiza Helena Trajano ainda não comentou o falecimento da tia.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.