Sociedade

Em vídeo, Edir Macedo sugere que fiéis doem seus bens à Universal antes de morrer

Na justificativa, o líder religioso afirma que as doações seriam uma forma de agradar a Deus

O bispo Edir Macedo, dono da Igreja Universal do Reino de Deus. Foto: Reprodução
Apoie Siga-nos no

O bispo Edir Macedo, líder da  Universal do Reino de Deus, sugeriu em vídeo que circula nas redes sociais que os fiéis doem todos os seus bens para a igreja antes que morram. Na justificativa, Macedo afirma que as doações seriam uma forma de agradar a Deus.

“Você meu amigo, minha amiga, senhor, senhora, pessoas que tenham bens, propriedades, que tenham riquezas, preste atenção, se você quer fazer algo que agrade a Deus, que vá beneficiar outras pessoas, antes de você morrer, antes de você passar para a eternidade, deixe o que você tem para a igreja”, diz o líder religioso.

“Envolver, ou melhor estimular ou avançar o trabalho de evangelização com essa missão de levar o Evangelho para outras criaturas. Tudo que supostamente é meu, não é meu, não tenho nada. Já está preparado para dar continuidade nesse trabalho de evangelização… Deus se agrada dessa oferta”, acrescentou.

Em março, Justiça de São Paulo determinou que a Universal devolvesse cerca de 200 mil reais doados por uma fiel que alegou ter sido coagida a entregar os valores para obter um “lugar no céu”.

Poder Universal

Estreia nesta quarta-feira 27, no canal de CartaCapital no Youtube, uma série de vídeos que explica as relações da igreja Universal do Reino de Deus, do bispo Edir Macedo, com a política brasileira.

O primeiro episódio, além dos principais acontecimentos dos primeiros anos a IURD, mostra como o líder religioso consolidou um grande império empresarial em torno da fé.

Intitulado “Poder Universal”, a série conta com entrevistas da antropóloga Jacqueline Teixeira, da cientista social Lívia Reis e do jornalista Gilberto Nascimento, autor do livro “O Reino – A história de Edir Macedo e uma radiografia da Igreja Universal”.

Os episódios vão ao ar às quartas-feiras e estarão disponíveis em formato podcast nas plataformas de streaming.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo