Saúde

Unicamp suspende atividades até o dia 29 de março por causa do coronavírus

Serão mantidas apenas as atividades essenciais

Campus da Unicamp (Foto: Divulgação)
Campus da Unicamp (Foto: Divulgação)

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) decidiu interromper todas as atividades até o dia 29 de março por causa do coronavírus. “Em virtude da pandemia de coronavírus, estão suspensas de 13 a 29 de março todas as atividades da Unicamp. Serão mantidas apenas as atividades essenciais, a ser definidas e informadas à comunidade pelo comitê de crise criado pela Reitoria”, informa a universidade em nota.

A Unicamp informa que cada órgão da Administração Central deverá definir e submeter seu plano de contingência ao comitê de crise ainda nesta quinta-feira 12. A Área da Saúde divulgará comunicado específico sobre quais atividades serão suspensas e quais serão mantidas no período.

Todas as viagens de docentes e funcionários da Unicamp estão suspensas, bem como o recebimento de visitantes.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!