São Paulo recebe mais de meio milhão de testes para coronavírus

Carregamento veio da Coreia do Sul e desembarcou no aeroporto de Viracopos em Campinas na madrugada deste sábado

Desembarque dos testes para coronavírus no Aeroporto de Viracopos  (Foto: Reprodução)

Desembarque dos testes para coronavírus no Aeroporto de Viracopos (Foto: Reprodução)

Saúde

Mais de meio milhão de testes para o novo coronavírus chegou em São Paulo na madrugada deste sábado 18. A carga com 575 mil kits veio da Coreia do Sul e aterrissou no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, no interior do Estado, por volta das 4h50.

O volume faz parte do total de 1,3 milhão de testes comprados pelo Instituto Butantan, num investimento de 85 milhões de reais. Os exames serão usados pelo instituto para diminuir a subnotificação de pacientes infectados pelo coronavírus no Estado, que concentra o maior número de mortos pela covid-19 no Brasil – mais de 900 pessoas já morreram por causa da doença.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, até sexta-feira 17 havia 9,4 mil exames aguardando resultado. Em todo o Estado, são mais de 12,8 mil pessoas contaminadas com o coronavírus. Segundo o Instituto Butantan, além de zerar a demanda reprimida, a ideia é ter o resultado dos exames em até 48 horas a partir da chegada da amostra no laboratório.

A primeira parte da carga, com 725 mil kits, chegou ao Brasil na terça-feira 14. A prioridade é para análise de amostras relativas a óbitos, casos graves e de profissionais da área da saúde. Os testes serão usados pela Plataforma de Laboratórios para Diagnóstico de Covid-19, coordenada pelo Butantan, em uma rede que já conta com 38 laboratórios habilitados, entre públicos, privados e universitários.

Conforme informado pelo governo do Estado, a promessa é que quando alcançar plena capacidade, a plataforma realize até 8 mil testes do tipo RT-PCR para coronavírus por dia. O RT-PCR é considerado o teste mais confiável, pois é capaz de detectar, em uma amostra de sangue, o código genético do coronavírus causador da covid-19.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem