Saúde

Nova variante: Anvisa recomenda medidas de restrição para voos da África do Sul

Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue também estão na lista

 Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Apoie Siga-nos no

Nota técnica da Anvisa, publicada nesta sexta-feira 26, recomenda a adoção de medidas de restrição para voos e viajantes procedentes da África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue.

O documento, enviado à Casa Civil, orienta que o trânsito entre os países elencados e o Brasil deva ser temporariamente restrito em decorrência da identificação de nova variante do SARS-CoV-2, identificada como B.1.1.529.

A nota técnica elaborada pela Agência deve servir como subsídio e orientação às decisões do governo brasileiro sobre a pandemia. 

A efetivação das medidas de restrição de voos e passageiros depende de portaria do Ministério da Casa Civil, em conjunto com os ministérios da Saúde, Infraestrutura e Justiça. 

Leia a nota completa:

SEI_ANVISA1685747NotaTecnica1

Marina Verenicz

Marina Verenicz Repórter do site de CartaCapital

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.