Itália supera a China em número de mortos pelo coronavírus

O país já tem mais de 3.400 mortos. A Lombardia, região que inclui Milão, capital econômica italiana, continua sendo a mais afetada

Rua praticamente vazia em Roma, a capital da Itália - Foto: Filippo MONTEFORTE/AFP

Rua praticamente vazia em Roma, a capital da Itália - Foto: Filippo MONTEFORTE/AFP

Saúde

A Itália superou a China nesta quinta-feira 19 em número de mortes por coronavírus, com 427 novos falecimentos em 24 horas, o que levou a um total de 3.405, segundo uma contagem da AFP baseada em dados oficiais.

Assim, a Itália se torna o país com mais mortes por Covid-19, à frente da China (3.245), Irã (1.284) e Espanha (767).

A Itália registrou suas primeiras mortes pela doença em 22 de fevereiro. Há uma semana, a Itália tinha 1.016 mortos. Esse número triplicou desde então. O país registra 56 mortes para cada milhão de habitantes, em comparação com a Espanha (16 mortes por milhão). A China, por seu lado, tem 2,2 mortes por milhão de habitantes.

 

Mais de dois terços das mortes registradas na Europa desde o início da pandemia ocorreram na Itália.

A Lombardia, região que inclui Milão, capital econômica do país, continua sendo a mais afetada, com quase 20.000 casos e 2.168 mortes, seguida por Emilia Romagna (5.214 casos e 531 mortes) e Veneza (3.484 casos e 11 mortes).

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Agência de notícias francesa, uma das maiores do mundo. Fundada em 1835, como Agência Havas.

Compartilhar postagem