Brasileiro vencedor do Nobel da Paz morre em NY vítima do coronavírus

Engenheiro químico Sérgio Campos Trindade tinha 79 anos. Os EUA registram até agora 12 mil casos confirmados da covid-19

Créditos: Arquivo pessoal

Créditos: Arquivo pessoal

Saúde,Sociedade

O engenheiro químico Sérgio Campos Trindade faleceu no dia 18 de março, aos 79 anos, em Nova Iorque (Estados Unidos), em decorrência de complicações associadas ao coronavírus. A morte foi confirmada pela Agência Fapesp  nesta sexta-feira 20.

Segundo informações da agência, Trindade atuava como consultor em negócios sustentáveis. Era membro do Comitê Científico para Problemas do Ambiente (Scope, na sigla em inglês) – agência intergovernamental associada à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), na qual atuou em parceria com pesquisadores do Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN).

 

Em 2007, ele recebeu o Prêmio Nobel da Paz ao lado de outros integrantes do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC).

O Estado de Nova York tem 5,5 mil casos confirmados de coronavírus, mais de 40% do número infecções no país inteiro. Os EUA registraram até agora 12 mil confirmações do vírus.

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem