Brasil registra 11.130 casos e 486 mortes por coronavírus

Atualização foi feita pelo Ministério da Saúde e registra um aumento de 8% no número de casos nas últimas 24h

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Saúde

O Ministério da Saúde atualizou, na tarde deste domingo 05, os números da epidemia de coronavírus no País: já são 11.130 casos confirmados e 486 mortes registradas pela Covid-19, o que representa uma letalidade de 4,4% até o momento – a oitava maior do mundo.

Cerca de 60% das infecções acontecem na Região Sudeste, especialmente em São Paulo, que figura no topo da lista com 4.620 infectados e 275 óbitos. Em seguida, aparece o Rio de Janeiro, com 1.394 casos e 64 mortes. O Ceará vem em terceiro lugar, com 823 casos e 26 mortes. Os números foram atualizados até às 14h.

Em comparação aos dados do sábado, são mais 852 casos confirmados e 54 mortes. Até o momento, os estados do Tocantins e do Acre não apresentaram nenhum óbito em decorrência da Covid-19. Confira a tabela completa abaixo:

Em 24h, houve um crescimento de 8% no número de pacientes confirmados com a doença, cifra significativamente menor do que os 20% registrados de sexta para sábado. Mesmo assim, esse valor não demonstra o cenário real da evolução da doença no País por conta da falta de testes e da subnotificação do sistema de saúde.

O Ministério também divulgou que 83% das vítimas fatais eram maiores de 60 anos. Entre eles, 79% apresentava ao menos um fator de risco, sendo a cardiopatia a condição mais comum entre eles. Outras 21% das vítimas não apresentavam comorbidades, e, destes, 25 tinham menos de 60 anos.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

É repórter do site de CartaCapital.

Compartilhar postagem