Mundo

Brasil fecha fronteiras terrestres para conter coronavírus

Portaria encerra temporariamente fluxo terrestre entre países da América do Sul, com exceção específica ao Uruguai

(Foto: Isac Nobrega/PR)
(Foto: Isac Nobrega/PR)

O governo federal publicou uma portaria extra no Diário Oficial da União desta quinta-feira 19 que regulamenta o fechamento de fronteiras com países da América Latina por conta da pandemia do coronavírus, que já contabiliza 370 casos confirmados e seis mortes no País.

De acordo com a publicação, fica imediatamente restrito por um período inicial de quinze dias o acesso terrestre de estrangeiros oriundos da Argentina, Bolívia, Colômbia, Paraguai, Peru, Guiana Francesa, República Cooperativa da Guiana.

No caso do Uruguai, diz o governo, será editada uma portaria específica; as fronteiras com a Venezuela já estavam fechadas desde a terça-feira 17.

A medida se aplica apenas a estrangeiros e exclui brasileiros que venham dos países restritos. Ainda há, no entanto, exceções para os casos citados, como latinos quem tenham residência fixa no Brasil, profissional a serviço de algum organismo internacional ou funcionário do Governo Brasileiro que esteja no exterior.

A portaria impacta diretamente no transporte de cargas entre os países e na prestação de serviços humanitários transfronteiriças, destaca a portaria, que justifica a medida com base nas recomendações da Anvisa para conter o avanço da Covid-19 no País.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!