TV Globo fecha acordo com candidatos à Prefeitura de SP

Política

A tevê Globo fechou um acordo com os candidatos à Prefeitura de São Paulo sobre como será a cobertura das eleições municipais neste ano. A emissora voltou atrás na proposta anterior, na qual somente os dois primeiros nas pesquisas apareceriam diariamente na televisão. Com o novo acordo, seis candidatos devem aparecer diariamente no jornal noturno regional da emissora, o SPTV segunda edição, e no Bom Dia SP.

A reunião que selou o acordo ocorreu nesta terça-feira 31 com representantes dos oito candidatos que possuem representantes no Congresso Nacional. Os dois candidatos que estiverem na sétima e oitava colocações na pesquisa devem aparecer uma vez por semana com imagens e, nos dias restantes, sem.

A primeira edição do SPTV seguirá outra lógica. O jornal deve elencar um tema específico por semana e apresentar uma grande reportagem sobre ele. Nos dias seguintes, os oito candidatos devem apresentar suas propostas sobre o assunto.

Debate confirmado

A Globo também cedeu na organização do seu debate, que deve ocorrer na semana anterior à eleição. Inicialmente, a emissora disse que só aceitaria cinco candidatos, mas cedeu e agora deve fazer com seis deles.

As pesquisas do Ibope pagas pela emissora devem servir como base para a escolha dos candidatos. No cenário atual, os seis primeiros colocados são José Serra (PSDB), Celso Russomanno (PRB), Fernando Haddad (PT), Soninha Francine (PPS), Gabriel Chalita (PPS) e Paulinho (PDT).

A negociação é necessária porque a televisão é uma concessão pública e é proibida de dar tratamento privilegiado a candidatos segundo a lei eleitoral.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem

TV Globo fecha acordo com candidatos à Prefeitura de SP

Política

A tevê Globo fechou um acordo com os candidatos à Prefeitura de São Paulo sobre como será a cobertura das eleições municipais neste ano. A emissora voltou atrás na proposta anterior, na qual somente os dois primeiros nas pesquisas apareceriam diariamente na televisão. Com o novo acordo, seis candidatos devem aparecer diariamente no jornal noturno regional da emissora, o SPTV segunda edição, e no Bom Dia SP.

A reunião que selou o acordo ocorreu nesta terça-feira 31 com representantes dos oito candidatos que possuem representantes no Congresso Nacional. Os dois candidatos que estiverem na sétima e oitava colocações na pesquisa devem aparecer uma vez por semana com imagens e, nos dias restantes, sem.

A primeira edição do SPTV seguirá outra lógica. O jornal deve elencar um tema específico por semana e apresentar uma grande reportagem sobre ele. Nos dias seguintes, os oito candidatos devem apresentar suas propostas sobre o assunto.

Debate confirmado

A Globo também cedeu na organização do seu debate, que deve ocorrer na semana anterior à eleição. Inicialmente, a emissora disse que só aceitaria cinco candidatos, mas cedeu e agora deve fazer com seis deles.

As pesquisas do Ibope pagas pela emissora devem servir como base para a escolha dos candidatos. No cenário atual, os seis primeiros colocados são José Serra (PSDB), Celso Russomanno (PRB), Fernando Haddad (PT), Soninha Francine (PPS), Gabriel Chalita (PPS) e Paulinho (PDT).

A negociação é necessária porque a televisão é uma concessão pública e é proibida de dar tratamento privilegiado a candidatos segundo a lei eleitoral.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem