Rejeição ao governo Bolsonaro cresce 5 pontos em 2 meses, diz Ibope

Pesquisa divulgada nesta quinta-feira mostra uma queda na popularidade do presidente

(Foto: Marcos Corrêa/PR)

(Foto: Marcos Corrêa/PR)

Política

Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira 27 mostra que a avaliação negativa do governo Bolsonaro cresceu 5 pontos percentuais. Encomendado pela CNI, o levantamento mostra que para 32% da população a atuação do presidente é ruim/péssima, ante a 27% divulgada na pesquisa de abril.

Já o percentual de pessoas que avaliam o governo ótimo/bom caiu de 35% em abril para 32%. E quem considera o governo regular subiu de 31% para 32%. A pesquisa foi feita entre os dias 20 e 23 de junho e ouviu 2 mil pessoas em 126 municípios.

 

O nível de confiança da pesquisa é de 95%, considerando a margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

  • Ótimo/bom: 32%;
  • Regular: 32%;
  • Ruim/péssimo: 32%;
  • Não sabe/não respondeu: 3%.

Maioria da população não confia em Bolsonaro

Mais da metade da população brasileira (51%) não confia no presidente Jair Bolsonaro contra 46% que dizem confiar.

  • Confia: 46%
  • Não confia: 51%
  • Não sabe/não respondeu: 3%

Maioria desaprova maneira de governar

Outro ponto revelado pela pesquisa é que a maioria da população brasileira desaprova a maneira que Bolsonaro vem governando o País. 48% dos brasileiros desaprovam contra 46 que estão de acordo com as atitudes do presidente.

  • Aprova: 46%
  • Desaprova: 48%
  • Não sabe/Não respondeu: 5%

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem