Paulo Guedes diz que dólar pode superar R$ 5 “se fizer muita besteira”

Moeda americana fechou em 4,65 nesta quarta-feira 5, com 12ª alta consecutiva

O ministro Paulo Guedes esteve em encontro com presidente da Fiesp, Paulo Skaf. Foto: Alan Santos/PR

O ministro Paulo Guedes esteve em encontro com presidente da Fiesp, Paulo Skaf. Foto: Alan Santos/PR

Política

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o dólar pode passar de 5 reais se o governo “fizer muita besteira”. A declaração ocorreu durante evento na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), nesta quinta-feira 5. O ministro estava acompanhado do presidente Jair Bolsonaro.

Paulo Guedes incentivou a agenda de reformas econômicas para deter a alta da moeda americana. Ele também atribuiu os recentes recordes ao coronavírus e à desaceleração global.

“Lembra o câmbio flutuante, que flutuava entre 1,80 reais, 2,20, 2,30, 1,80? A flutuação dele agora é num nível mais alto, 3,60, 4,60. Não sabemos. É um câmbio flutuante, só que ele flutua num patamar mais alto. Se fizer muita besteira, ele pode ir para esse nível”, afirmou o ministro.

Bolsonaro não fez declarações a jornalistas na ocasião. A moeda americana já apresenta o seu 12º recorde consecutivo, fechando nesta quinta-feira 5 a 4,65 reais.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem