Política

Manifestantes bolsonaristas chegam à avenida Paulista; veja imagens

Apoiadores do ex-presidente seguem orientação e não levam cartazes ou faixas

Apoie Siga-nos no

Apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) compartilharam, pelas redes sociais, a chegada dos manifestantes à avenida Paulista, em São Paulo, onde acontecerá um ato convocado pelo ex-capitão, neste domingo 25. 

Os grupos começaram a chegar no local pouco antes das 12h. 

O ato tem sido visto como uma tentativa de demonstração de força do ex-presidente, após ser alvo de uma operação da Polícia Federal que investiga a sua participação na tentativa de Golpe.

Como orientado por Bolsonaro, os participantes não trouxeram cartazes ou faixas, que pudessem conter ataques às instituições. 

A preocupação dos organizadores é de que não houvesse menções ao Supremo Tribunal Federal e seus ministros. 

Apesar da tentativa de desvincular o evento de um possível caráter golpista, o bolsonarista Paulo Figueiredo afirmou em uma live, neste domingo, que o ato visa pressionar a Corte responsável pela análise dos inquéritos que investigam a suposta tentativa de Golpe de Estado. Ao lado dele na transmissão estava o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL). 

Além de bandeiras do Brasil, bolsonaristas trazem também bandeiras de Israel. Nesta semana, o presidente Lula comparou a ofensiva de Israel contra a população palestina ao Holocauto nazista, o que gerou críticas do governo israelenses e dos apoiadores do ex-capitão. 

A Prefeitura de São Paulo disponibilizou 2 mil policiais para acompanhar o ato na Paulista. Além dos agentes, drones e câmeras também estão utilizados para monitorar a movimentação. 

É esperado que Bolsonaro e seus aliados discursem de dois trios elétricos contratados para o evento pelo pastor Silas Malafaia. 

A ex-primeira-dama, Michelle Bolsonaro, deverá abrir o evento com um breve discurso e uma oração. 



O advogado e professor de Direito Constitucional Pedro Serrano comenta as possíveis consequências do discurso realizado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro a seus apoiadores. Confira a análise no canal de CartaCapital no YouTube.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo