Política

Lula no topo, Lira no fundo: a imagem positiva dos líderes políticos, segundo pesquisa Atlas

O levantamento ocorreu no fim de janeiro, com margem de erro de um ponto percentual

O presidente Lula e o presidente da Câmara, Arthur Lira, em agosto de 2023. Foto: Evaristo Sá/AFP
Apoie Siga-nos no

Uma pesquisa Atlas Intel realizada no fim de janeiro monitorou como os brasileiros enxergam as principais lideranças políticas do País.

No topo do ranking está o presidente Lula (PT), com 51% de menções positivas. Ante a pergunta “Você tem uma imagem positiva ou negativa desses líderes?”, o pior desempenho é o do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), com apenas 15% de respostas positivas.

Inelegível, Jair Bolsonaro (PL) marca 43%, segundo o levantamento.

Confira o ranking:

O levantamento seguiu uma metodologia intitulada Atlas Random Digital Recruitment, ou RDR, segundo a qual os entrevistados são recrutados organicamente durante a navegação de rotina na web em territórios geolocalizados em qualquer dispositivo (smartphones, tablets, laptops ou PCs).

O instituto diz que, a fim de garantir a representatividade nacional, as amostras são pós-estratificadas usando um algoritmo em um conjunto mínimo de variáveis de destino: sexo, faixa etária, nível educacional, nível de renda, região e comportamento eleitoral anterior.

A pesquisa contou com 7.405 respondentes entre 28 de e 31 de janeiro. A margem de erro é de um ponto percentual, com um nível de confiança de 95%.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.