Justiça

Leia a decisão de Moraes sobre operação da PF contra Bolsonaro e aliados

O ministro do STF anotou que o ex-presidente acessou e pediu alterações na chamada ‘minuta do golpe’

O ministro do STF Alexandre de Moraes. Foto: Gustavo Moreno/SCO/STF
Apoie Siga-nos no

A operação deflagrada nesta quinta-feira 8 pela Polícia Federal contra Jair Bolsonaro (PL), aliados do ex-presidente e militares foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes.

A decisão do magistrado sustenta que o ex-capitão acessou e pediu alterações na chamada “minuta do golpe”, que requeria, entre outras medidas ilegais, a prisão de Moraes.

“Ao final, decretava a prisão de diversas autoridades, entre as quais os ministros do Supremo Tribunal Fdederal Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes, além do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco”, escreveu Moraes em seu despacho. “Posteriormente foram realizadas alterações a pedido do então presidente, permanecendo a determinação de prisão do Ministro Alexandre de Moraes e a realização de novas eleições.”

A operação desta quinta, batizada de Tempus Veritatis, cumpre 33 mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão preventiva. Há ainda medidas cautelares, como proibição de contatos entre os investigados, retenção de passaportes e destituição de cargos públicos.

Leia a decisão de Moraes na íntegra:

Decisão

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo