CartaExpressa,Política

Governador do Amazonas recorre ao STF para não depor na CPI da Covid

Governador do Amazonas recorre ao STF para não depor na CPI da Covid

O governador do Amazonas, Wilson Lima. Foto: Governo do Amazonas

O governador do Amazonas, Wilson Lima. Foto: Governo do Amazonas

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), entrou com pedido de habeas corpus no Supremo Tribunal Federal  para que não deponha na Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid, no Senado. A oitiva, a primeira de oito governadores convocados e já agendados, está marcada para quinta-feira, 10.

No pedido, a defesa de Lima solicita que o processo seja encaminhado ao ministro Ricardo Lewandowski, que já relatou outras demandas semelhantes de depoentes na CPI da Covid. Os advogados sustentam no pedido que a convocação para a Comissão constitui ato inconstitucional e abusivo e uma afronta às cláusulas pétreas da federação e da separação de poderes.

No documento, a defesa do governador amazonense pede também que a decisão liminar lhe garanta, caso seja ele seja ouvido, o direito de permanecer em silêncio.

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem