Política

‘Fui o único a defender o contrário do que o mundo decidiu’, diz Bolsonaro sobre a pandemia

Durante evento em São Paulo, o ex-capitão também repetiu uma das fake news mais disseminadas por ele: a de que o STF teria proibido o governo federal de combater a pandemia

Foto: Reprodução/TV Brasil
Apoie Siga-nos no

O presidente Jair Bolsonaro tentou se vangloriar nesta sexta-feira 13 por ignorar as recomendações de especialistas e diretrizes da Organização Mundial da Saúde durante a pandemia da Covid-19.

Desde o início da crise sanitária, o ex-capitão militou contra o distanciamento social e o uso de máscaras, defendeu remédios comprovadamente ineficazes e tentou desencorajar a vacinação.

Nesta sexta, Bolsonaro participou da 56ª Convenção Nacional do Comércio Lojista, em Campos do Jordão (SP).

“Enfrentamos uma pandemia. Sim, eu fui o único chefe de Estado do mundo a defender o contrário do que o mundo e governadores assim decidiram. Sempre falei que temos de combater o vírus e o desemprego. A economia não poderia parar”, alegou. No evento, Bolsonaro também repetiu uma das fake news mais disseminadas por ele e por seus apoiadores: a de que o Supremo Tribunal Federal teria proibido o governo federal de combater a pandemia.

“Infelizmente, a responsabilidade era minha, mas o nosso STF entendeu de forma diferente. E cada governador e cada prefeito aplicaram as suas medidas restritivas, um verdadeiro absurdo”, disse nesta sexta. “Lamentavelmente, me tiraram o direito ou o dever de estar à frente do Executivo federal.”

Não é verdade. O STF julgou, no início da crise sanitária, três ações em que reafirmou que governadores e prefeitos têm autonomia para montar planos locais de ação, incluindo o fechamento de comércio. E ressaltou que todas as esferas do Poder Público devem participar do combate à Covid-19.

O Brasil chegou nesta sexta 13 à marca de 664.780 mortes por Covid-19 desde o início da pandemia, 139 nas últimas 14 horas. O total oficial de casos passa de 30,6 milhões, 25,6 mil entre quinta e sexta. Os dados são do Conselho Nacional de Secretários de Saúde.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.