Diversidade

Erika Hilton pede ao MP investigação sobre denúncia de homofobia em empresa de SP

A deputada sustenta haver ‘flagrante discriminação homofóbica’ na recusa de serviços por parte do Ateliê Jurgenfeld

Foto: reprodução
Apoie Siga-nos no

A deputada federal Erika Hilton (PSOL-SP) solicitou ao Ministério Público de São Paulo, nesta quarta-feira 24, a abertura de uma investigação sobre a denúncia feita por um casal após um ateliê se negar a confeccionar “convites homossexuais”.

Nas redes sociais, o Ateliê Jurgenfeld justificou a recusa sob o argumento de “princípios cristãos” e, após a repercussão do caso, alegou ser vítima de “heterofobia”.

O documento enviado ao MP, elaborado com a participação da ativista Amanda Paschoal, demanda uma apuração diante de “flagrante discriminação homofóbica”.

Hilton destacou que a legislação reconhece condutas discriminatórias em razão de orientação sexual ou identidade de gênero como passíveis de punição com base na Lei do Racismo.

Entenda o caso

Henrique Nascimento entrou em contato com o Ateliê Jurgenfeld via WhatsApp em busca de um orçamento de diferentes modelos de convite para o seu casamento com Wagner Soares.

Segundo Nascimento, o atendimento ocorreu normalmente até ele citar o nome do noivo, momento em que deixou de ser respondido. Horas depois, a atendente informou que não poderia confeccionar “convites homossexuais”.

Na madrugada desta quarta-feira 24, o casal registrou um boletim de ocorrência no 73º Distrito Policial do Jaçanã, acusando o ateliê pelo crime de LGBTfobia. Na sequência, protocolou um B.O. online após o estabelecimento divulgar o número privado de Nascimento no Instagram.  O casal prestará depoimento no DHPP na quinta 25.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo