Política

Processo que pode cassar o mandato de Chiquinho Brazão avança no Conselho de Ética

O deputado, que está preso, foi denunciado pela PGR por ordenar o assassinato de Marielle Franco

Dep. Chiquinho Brazão (RJ) Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados
Apoie Siga-nos no

O Conselho de Ética da Câmara aprovou nesta quarta-feira 15 o parecer da deputada Jack Rocha (PT-ES) pela abertura de processo contra o deputado Chiquinho Brazão (sem partido-RJ). O placar foi de 16 votos a 1.

A Procuradoria-Geral da República denunciou o parlamentar como um dos mandantes do assassinato da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes, em 2018.

“As condutas atribuídas ao representado possuem a natureza jurídica de ilícitos penais de altíssima gravidade, caracterizadas como crime hediondo”, escreveu Rocha ao analisar a representação em que o PSOL pede a cassação de Brazão por quebra de decoro parlamentar.

A partir de agora, há um prazo de dez dias úteis para o acusado apresentar sua defesa por escrito.

Em abril, a Câmara decidiu manter a prisão preventiva de Brazão. Durante uma sessão do Conselho de Ética, ele fez um pronunciamento por videoconferência e alegou ser inocente.

Na semana passada, a Procuradoria-Geral da República apresentou uma denúncia contra Chiquinho e seu irmão, Domingos Brazão, conselheiro do Tribunal de Contas do Rio. A peça também atinge o delegado da Polícia Civil Rivaldo Barbosa. 

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo