Política

Ciro Gomes terá Ana Paula Matos, do PDT, como vice na eleição presidencial

Com a vice-prefeita de Salvador, o ex-ministro terá uma chapa pura; o PDT não conseguiu atrair outras legendas

Ciro Gomes e Ana Paula Matos. Foto: Reprodução/Redes Sociais
Ciro Gomes e Ana Paula Matos. Foto: Reprodução/Redes Sociais
Apoie Siga-nos no

O PDT anunciou nesta sexta-feira 5 a vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos, como candidata a vice-presidente da República na chapa de Ciro Gomes.

Em nota, o partido afirmou que Matos tem “grande experiência na gestão pública, contribuirá com a coordenação do plano de governo e terá papel fundamental na defesa do Projeto Nacional de Desenvolvimento”.

A escolha por Ana Paula ocorreu em uma reunião da Executiva pedetista em Brasília. O nome da vice foi oficializado no último dia do prazo para as convenções partidárias.

Ciro chegou ao fim da convenção sem alianças formais com outras legendas. Com a dificuldade de atrair outras siglas, portanto, o PDT teve de optar por uma chapa pura.

Nas eleições presidenciais de 2018, Ciro teve Katia Abreu, então no PDT, como sua vice. Naquela ocasião, os pedetistas conseguiram atrair para sua coligação apenas o pequeno Avante – partido que neste ano apoiará Lula (PT).

Há quatro anos, Ciro recebeu 13.344.366 votos (12,47% do total) e ficou na terceira colocação, mesma posição ocupada nas pesquisas de intenção de voto para o pleito de 2022. Jair Bolsonaro, então no PSL, e Fernando Haddad, do PT, foram ao segundo turno.

Uma pesquisa Quaest divulgada na última quarta-feira 3 apontou que Lula lidera a corrida à Presidência com 44% das intenções de voto, ante 32% de Jair Bolsonaro (PL). Ciro tem 5%.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.