Política

As intenções de voto em Nunes e Boulos na disputa pela Prefeitura de SP, segundo o Paraná Pesquisas

Instituto voltou a entrevistar eleitores da capital do estado para monitorar a situação eleitoral

Nunes x Boulos. Fotos: Agência Brasil e Agência Câmara
Apoie Siga-nos no

Uma nova rodada do levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas com eleitores da cidade de São Paulo indica um equilíbrio entre os dois principais candidatos ao cargo de prefeito: Ricardo Nunes (MDB) e Guilherme Boulos (PSOL). Os resultados foram divulgados nesta quarta-feira 29.

No cenário espontâneo, os dois candidatos são citados por número semelhante de eleitores. Na margem de erro, estão em um empate técnico. Ao todo, 11,9% dos entrevistados, espontaneamente, dizem que vão votar no atual prefeito. Nessa mesma condição, o deputado federal do PSOL soma 10,6%. Os dois têm larga vantagem dos demais candidatos neste cenário.

Na pesquisa estimulada pelo instituto – quando uma lista de candidatos é apresentada -, o empate técnico se repete. Nunes vai a 28,1% e Boulos tem 24,2%.

O apresentador José Luiz Datena (PSDB) é quem figura mais próximo aos dois líderes da pesquisa. Ele tem, neste cenário, 12,1%, ultrapassando a deputada federal Tabata Amaral (PSB), que somou 9,1%.

A lista ainda tem o coach Pablo Marçal (PRTB), que tem 5,1%; o deputado Kim Kataguiri (União), com 3,4%; e Marina Helena (Novo), 3,2%. Os demais candidatos monitorados não passam de 1% dos votos.

Um segundo cenário, com uma lista um pouco mais enxuta de candidatos também foi sondado pelo Paraná Pesquisas. Os dados principais, praticamente, se repetem.

  • Ricardo Nunes – 28,2%
  • Guilherme Boulos -24,2%
  • Datena – 12,1%
  • Tabata Amaral – 9,3%
  • Pablo Marçal – 5,1%
  • Kim Kataguiri – 3,4%
  • Marina Helena – 3,2%
  • Altino – 0,5%

O último cenário, sem Datena e Kataguiri, traz Nunes com um pouco mais de vantagem numérica sobre Boulos:

  • Ricardo Nunes – 33,1%
  • Guilherme Boulos – 26,9%
  • Tabata Amaral – 11,5%
  • Pablo Marçal – 6,9%
  • Marina Helena – 4,1%
  • Altino – 0,9%

Confrontos diretos

A pesquisa desta quarta-feira ainda buscou a resposta de eleitores sobre eventuais confrontos diretos, em possíveis cenários de segundo turno em São Paulo.

No primeiro deles, Nunes venceria, com folga, Tabata Amaral. O atual prefeito soma 49,5% e a deputada apenas 30%.

Boulos também venceria com certa vantagem a candidata do PSB. O deputado tem, nesse confronto direto, 41,7%, enquanto Tabata soma 32,2%.

No confronto Nunes x Boulos, o atual prefeito venceria, neste momento. Ele tem 48,1% das intenções de voto, ante 35,9% do parlamentar do PSOL.

A pesquisa

A pesquisa desta quarta contou com 1.500 entrevistas com eleitores da cidade de São Paulo. Os dados foram coletados entre os dias 24 e 28 de maio e têm margem de erro de 2,6 pontos percentuais. O nível de confiança é de 95%.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo