Afonsinho

Médico e ex-jogador de futebol brasileiro

Opinião

assine e leia

As SAFs na mira

A ação contra a 777 Partners, dona do Vasco, mostra os riscos envolvidos no modelo futebol empresa, hoje espalhado pelo País

Crise. Josh Wander, o dono da norte-americana Partner 777 – Imagem: Leandro Amorim/Vasco da Gama
Apoie Siga-nos no

O caso mais instigante deste momento no futebol brasileiro é a hipótese da insolvência da SAF vascaína.

Há cerca de dez dias, a 4ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro aceitou o pedido do clube associativo para tirar o controle da SAF das mãos da empresa norte-americana 777 Partners, para a qual haviam sido vendidas 70% das ações de seu futebol.

Este texto não representa, necessariamente, a opinião de CartaCapital.

ENTENDA MAIS SOBRE: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

10s