Mundo

Trump reconhece que seu mandato terminou e pede ‘transição em ordem’

‘Isso representa o fim de um dos melhores primeiros mandatos presidenciais’, disse

Foto: Brendan Smialowski / AFP

 Foto: Brendan Smialowski / AFP
Foto: Brendan Smialowski / AFP Foto: Brendan Smialowski / AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu nesta quinta-feira 7 que seu mandato está terminando e prometeu uma “transição em ordem”, depois de o Congresso certificar a vitória eleitoral do democrata Joe Biden e após os violentos confrontos registrados no Capitólio em Washington.

“Embora esteja totalmente em desacordo com o resultado destas eleições – e os fatos me apoiam -, haverá uma transição em ordem em 20 de janeiro”, declarou, em um comunicado. “Isso representa o fim de um dos melhores primeiros mandatos presidenciais e é apenas o início da nossa luta para devolver aos Estados Unidos sua grandeza”, acrescentou.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!