Mundo

Governo Milei suspende sites e contas nas redes sociais de rádio e TV públicas

Categoria critica a decisão do ultradireitista e acusa censura

Site da Televisión Pública da Argentina em 21 de maio de 2024. Foto: Reprodução
Apoie Siga-nos no

O governo da Argentina suspendeu nesta terça-feira 21 as contas nas redes sociais e os sites de meios de comunicação públicos, no âmbito de um processo de “reorganização” com o “objetivo de melhorar o conteúdo gerado”, uma medida acusada de “censura” pela categoria.

“Foi tomada a decisão de pausar temporariamente todos os conteúdos das redes sociais e sites dos meios de comunicação públicos”, segundo um comunicado publicado em todas as contas dos veículos estatais nas plataformas digitais.

Ao acessar os endereços online, é possível ver a mensagem “Site em reconstrução”.

A medida inclui a Televisión Pública, a Radio Nacional e todas suas emissoras afiliadas, o canal educativo Encuentro e o canal infantil Paka Paka.

Esta é mais uma medida do governo do presidente Javier Milei contra a imprensa estatal, a qual o ultradireitista acusa de ser um instrumento “de propaganda” e que incluiu em um projeto de lei de privatização.

O Sindicato de Imprensa de Buenos Aires (Sipreba) emitiu um comunicado no qual rejeita “o silenciamento das redes sociais de ambos os meios de comunicação (Radio Nacional e Televisión Pública)” e acusa a medida de “censura e intimidação que se soma ao silenciamento da Télam“, agência de notícias do Estado que o Executivo suspendeu em março.

Neste mesmo mês, o governo suspendeu todos os noticiários de fim de semana da Televisión Pública, juntamente com o cancelamento de todos os programas ao vivo, com exceção de alguns noticiários.

Além disso, cortou o pagamento de horas extras e feriados na Radio Nacional, o que fez com que as 49 emissoras do interior do país tivessem de suspender a programação dos finais de semana e transmitir os programas de Buenos Aires.

Em funcionamento desde 1937, a rádio pública na Argentina possui uma das poucas emissoras bicontinentais do mundo, a de Río Grande na Ilha Grande da Terra do Fogo (sul), que também pode ser ouvida em parte da Antártida, nas Ilhas Malvinas e nas Ilhas do Atlântico Sul.

A Televisión Pública, por sua vez, começou a ser transmitida em 1951 e foi a primeira emissora televisiva da Argentina.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo