Mundo

Governo inicia operação para resgatar novo grupo de brasileiros em Gaza

Avião da FAB tem previsão de decolar nesta quinta-feira rumo ao Egito; autorização para que brasileiros cruzem fronteira pode sair ‘a qualquer momento’

A passagem de Rafah, a única saída do conflito em Gaza. Foto: AFP
Apoie Siga-nos no

O governo federal inicia nesta quinta-feira 7 a operação para resgatar um novo grupo de brasileiros da zona de conflito entre Israel e Hamas em Gaza.

O avião da Força Aérea Brasileira que fará o transporte do grupo tem previsão inicial para decolar nesta quinta do Rio de Janeiro rumo ao Egito. O governo, no entanto, não descarta um ‘atraso’ caso a autorização de travessia do grupo não ocorra.

A autorização para que os brasileiros deixem Gaza já foi solicitada pelo governo federal. Até aqui, no entanto, não há retorno oficial. Fontes diplomáticas informaram ao jornal O Globo desta quinta-feira que a liberação deve sair ‘a qualquer momento’.

O sul do enclave, onde se encontra o grupo, está sob intenso bombardeio israelense. Desde que a trégua foi encerrada, cidades como Khan Yunis e Rafah se tornaram alvos do Exército de Benjamin Netanyahu. A região, importante registrar, é justamente o local para o qual Israel ordenou que civis se deslocassem após o agravamento do conflito.

O grupo a ser resgatado de Gaza pelo governo é formado por 41 brasileiros e pouco mais de 30 familiares palestinos. Eles estão Rafah, do lado palestino, aguardando até que sejam liberados. Ao todo, a expectativa do governo é trazer um grupo ainda maior, de 102 pessoas. Destas, 85 estão na zona mais tensa do conflito e outras 17 em cidades próximas.

O novo resgate, quando concluído, fará com que o número de repatriados pelo governo brasileiro se ultrapasse 1.500. Ao todo, 1.400 pessoas foram trazidas de Israel para o Brasil em voos iniciais. Depois, o Brasil ainda conseguiu resgatar 32 brasileiros que estavam em Gaza, epicentro do confronto, e outras 32 que se encontravam na Cisjordânia, outra zona de tensão entre Israel e Hamas.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo