Mundo

Gangorras unem adultos e crianças na fronteira entre México e EUA

Brinquedo instalado por dois professores da Califórnia provoca um misto de tristeza e esperança

(Foto: Luis Torres/AFP)
Apoie Siga-nos no

Dois professores da Califórnia instalaram gangorras na fronteira dos Estados Unidos com o México, em uma resposta contundente ao presidente Donald Trump sobre seus planos para construir um muro ao longo dos 3.200 quilômetros que traçam os limites entre os dois países.

As três gangorras de cor rosa foram instaladas na segunda-feira 29 em uma grade que separa Sunland Park, no Novo México, e Ciudad Juárez, no México, permitindo que crianças e adultos de ambos os lados brinquem juntos.

A ideia foi desenvolvida durante uma década, segundo Ronald Rael, professor de arquitetura na Universidade californiana de Berkeley, que criou o projeto junto com Virgina San Fratello, professora de design da Universidade de San José.

Rael disse que ver o projeto ganhar vida foi “uma das experiências mais incríveis” que já viveram e descreveu o evento na fronteira como “cheio de alegria, emoção e união”.

O vídeo e as imagens das gangorras estiveram entre os assuntos mais comentados nas redes sociais nesta terça-feira 30.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo