Economia

TSE divulga edital para concurso público com 395 vagas e salários de até R$ 13,9 mil; confira

Provas devem acontecer em setembro deste ano para preencher vagas em todo o Brasil

Edifício sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Apoie Siga-nos no

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai realizar um concurso unificado com salários de até R$ 13.994,78. No total, são 395 vagas para o tribunal, entre os cargos de técnico e analista Judiciário. O edital do concurso foi publicado nesta quarta-feira 29.

O certame será dividido em diferentes fases. Os pretendentes ao cargo de Analista e Técnico deverão realizar provas objetivas, que serão eliminatórias e classificatórias. 

Em seguida, para quem tentar o cargo de Analista, há duas provas: uma discursiva e uma avaliação de títulos. Para o cargo de técnico, haverá um teste de aptidão física.

Do total de vagas, 126 são para analista judiciário, enquanto 269 são destinadas ao cargo de técnico judiciário. A remuneração inicial varia entre R$ 8.529,65 e R$ 13.994,78. As vagas serão para o TSE e para 26 Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) do País, menos o Tocantins.

As inscrições para o concurso começam no próximo dia 4 de junho e vão até 18 de julho. Para fazer a inscrição, os candidatos ao cargo de técnico judiciário deverão pagar uma taxa de R$ 85. Já os pretendentes ao cargo de analista deverão pagar o valor de R$ 130. 

É possível pedir isenção da taxa de pagamento. Pessoas inscritas no CadÚnico, bem como doadores de medula óssea, podem solicitar a isenção.

Segundo o edital, a previsão é que a primeira prova seja realizada no dia 22 de setembro. As provas serão realizadas nas capitais dos 26 estados, assim como no Distrito Federal.

Leia abaixo a íntegra do edital publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira:

EDITAL Nº 1 – CPNUJE, DE 27 DE MAIO DE 2024 – EDITAL Nº 1 – CPNUJE, DE 27 DE MAIO DE 2024 – DOU – Imprensa Nacional

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo