Justiça

Barroso prorroga inquérito que investiga conduta de Bolsonaro na pandemia

Os filhos do presidente e deputados aliados também estão na mira

Luís Roberto Barroso e Jair Bolsonaro. Fotos: Roberto Jayme/TSE e AFP
Luís Roberto Barroso e Jair Bolsonaro. Fotos: Roberto Jayme/TSE e AFP
Apoie Siga-nos no

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, prorrogou por mais 60 dias o inquérito que investiga a conduta do presidente Jair Bolsonaro (PL) e de aliados durante a pandemia de Covid-19. A informação é do G1.  Os fatos investigados pela Corte fazem parte da apuração da CPI no Senado, encerrada em 2021. 

A decisão de estender o prazo para a conclusão do inquérito partiu de um pedido da Polícia Federal, com aval da Procuradoria-Geral da República. 

Além de Bolsonaro, são alvos o senador Flávio Bolsonaro (PL) e os deputados Eduardo Bolsonaro (PL), Ricardo Barros (PP), Carla Zambelli (PL), Osmar Terra (MDB), Bia Kicis (PL), Carlos Jordy (PL), além de Onyx Lorenzoni (PL). 

O relatório da CPI concluiu a existência de elementos que “evidenciaram a omissão” da gestão federal no combate a disseminação da Covid e pontuou a “participação efetiva do presidente da República, de seus filhos, de parlamentares, do primeiro escalão do governo e de empresários na criação e disseminação das informações falsas” sobre a doença”.

“Essas condutas colocaram a saúde das pessoas em risco, uma vez que contribuíram para o rápido incremento da contaminação pelo coronavírus, pelo surgimento de nova cepa do vírus e pelo aumento do índice de ocupação dos leitos hospitalares e, consequentemente, para a morte de milhares de brasileiros”, diz o relatório.

Dos 10 pedidos de abertura de investigação que envolvem Bolsonaro, oito foram arquivados a pedido da PGR.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.