Justiça

Associação de juízes e Fórum de Segurança: os ‘novos’ apoiadores da indicação de Dino ao STF

A sabatina de Flávio Dino no Congresso deverá acontecer ainda neste mês de dezembro

O atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, indicado para o STF. Foto: Pedro França/Agência Senado
Apoie Siga-nos no

Indicado pelo presidente Lula (STF) ao cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), o atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, recebeu nos últimos dias apoios de entidades da comunidade jurídica do país.

Ainda na semana passada, por exemplo, a Associação dos Juízes Federais do Brasil (AJUFE) citou que Dino reúne “todos os atributos exigidos” para a função e parabenizou a escolha. Antes de iniciar a sua carreira política, Dino exerceu a magistratura e chegou a presidir a AJUFE.

Já o Fórum Brasileiro de Segurança Pública aproveitou para destacar, no último domingo 3, a “importância da indicação” do nome de Dino à Corte, destacando a atuação dele “na defesa intransigente da ordem democrática ante as ameaças de ruptura e instabilidade institucional que abalaram a República no começo deste ano, em janeiro”. 

A entidade também destaca “a retomada de políticas responsáveis de controle e rastreabilidade de armas de fogo” e “as ações de prevenção e enfrentamento aos ataques violentos nas escolas” da pasta comandada por Dino.

Entretanto, o atual ministro sai da Esplanada dos Ministérios tendo a segurança pública como o tema com pior avaliação do atual governo. Segundo a mais recente pesquisa do instituto AtlasIntel, divulgada no final de novembro, 41% dos entrevistados avaliaram negativamente o desempenho do governo no que se refere à segurança pública.

Outro apoio recebido por Dino no final de semana veio do Cardeal Dom Paulo Cezar Costa, Arcebispo de Brasília (DF). No último sábado 2, em postagem nas redes sociais, Dino publicou um vídeo em que aparece recebendo uma Bíblia da liderança religiosa.

A sabatina de Flávio Dino no Congresso deverá acontecer ainda neste mês de dezembro.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.