Educação

Inep divulga edital do Enem 2024; provas serão nos dias 3 e 10 de novembro

Inscrições começam no próximo dia 27 e vão até o dia 7 de junho

(Foto: Marcelo Casall / Ag Brasil)
Apoie Siga-nos no

O Inep publicou, na manhã desta segunda-feira 13, o edital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2024. As provas, que vão acontecer em todos os estados e no Distrito Federal, serão realizadas nos dias 3 e 10 de novembro.

De acordo com o edital, as inscrições para a prova começam no próximo dia 27 e seguem até 7 de junho.

Para fazer a inscrição, o candidato poderá acessar o link da página do Enem 2024. O valor da taxa de inscrição, neste ano, é de 85 reais e poderá ser pago até o dia 12 de junho. 

O Inep ainda não confirmou quando serão divulgados os locais de prova. Entretanto, após a realização do certame, o gabarito oficial será divulgado no dia 20 de novembro. Já o resultado do Enem será divulgado no dia 13 de janeiro de 2025.

O Enem é composto por quatro provas objetivas e uma redação. Cada prova tem 45 questões de múltipla escolha, envolvendo diversas áreas do conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias, ciências humanas e suas tecnologias, ciências de natureza e matemática e suas tecnologias.

Leia abaixo a íntegra do edital do Enem 2024:

EDITAL Nº 51, DE 10 DE MAIO DE 2024 – EDITAL Nº 51, DE 10 DE MAIO DE 2024 – DOU – Imprensa Nacional

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Assine a edição semanal da revista ou contribua com o quanto puder.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo