CCJ do Senado aprova parecer do relator da reforma da Previdência

Expectativa é que o texto seja enviado ainda nesta terça-feira para votação no Plenário

Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) realiza reunião deliberativa para discutir as emendas de plenário à PEC 6/2019, que modifica o sistema de previdência social. (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) realiza reunião deliberativa para discutir as emendas de plenário à PEC 6/2019, que modifica o sistema de previdência social. (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

Economia

Com 17 votos a favor e 9 contrários, a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado aprovou o parecer do relator Tasso Jereissati (PSDB-CE) sobre a reforma da Previdência.

Os senadores analisaram também os destaques, ou seja, as propostas apresentadas que podem alterar o parecer do relator. Três destaques foram rejeitados, um foi retirado e dois não foram votados por ausência dos líderes das bancadas que fizeram a proposta.

O projeto segue, então, para o plenário do Senado, sem nenhuma alteração feita pelos destaques sugeridos. A expectativa do Palácio do Planalto é obter cerca de 60 votos a favor da reforma da Previdência.

Resultado da votação do texto-base da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. (Foto: Reprodução/TV Senado)

 

Confira a votação dos destaques:

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem