Economia

assine e leia

A xepa continua

Relação entre preço e lucro da Bolsa brasileira atinge o menor nível em 15 anos

Imagem: iStockphoto
Imagem: iStockphoto
Apoie Siga-nos no

No acumulado do ano, a B3 continua como uma das melhores Bolsas do mundo, alta de 5,5% em dólares, enquanto Londres e Nova York registram queda de 9,6%, Hong Kong 14,4%, Tóquio 16,6% e o índice mundial MSCI AC 15,5% (sem falar da Nasdaq, com queda de 20,8%, e o índice Euro Stoxx de 22,7%). Entretanto, avaliada pela ótica de um dos indicadores mais tradicionais do mercado, a relação preço/lucro (P/L), a Bolsa está no menor nível dos últimos 15 anos. O P/L indica quanto o investidor está disposto a pagar pelos lucros de uma empresa. Um P/L de 15 indica que o preço da ação representa 15 vezes os lucros acumulados e/ou projetados em 12 meses. Se o P/L de uma ação é 10 e outro papel do mesmo setor é negociado a 20, entende-se que a primeira empresa está com um preço mais vantajoso para o investidor do que a outra opção. A XP Investimentos, em relatório recente, calculou o P/L projetado do Ibovespa em 6, ou 45% abaixo da média de 11 dos últimos 15 anos. Mesmo quando se excluem os papéis de commodities, ou apenas Petrobras e Vale, o P/L vai para 9,8 e 9, respectivamente – ambos abaixo de suas médias históricas, diz a XP, destacando que todos os setores da B3 têm sido negociados abaixo ou próximos de suas médias.

Fonte: Bloomberg; XP Research

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.