Diversidade

Coronavírus adia Parada LGBT de São Paulo para novembro

O tema deste ano é `democracia’ e promete ser um grande ato contra o presidente Jair Bolsonaro

Foto: Mídia Ninja
Foto: Mídia Ninja

A parada LGBT de São Paulo, uma das maiores do mundo, foi adiada de junho deste ano para novembro. O anúncio, divulgado nesta quinta-feira 19, foi feito pela Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo.

“Em virtude dos acontecimentos causados pela crise do Coronavírus (Covid19), a Diretoria da Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo, vem a público comunicar aos apoiadores e a todos da comunidade LGBT+, a alteração de toda programação do Mês do Orgulho LGBT+ de São Paulo”, diz o comunicado.

 

O dia do evento na capital paulista ficou marcado para 22 de novembro. O desfile de mais de 15 carros se inicia na Av: Paulista e termina no final da rua da Consolação. Além do desfile, todos os outros eventos que antecedem a parada também foram adiados e vão acontecer na semana que antecede o dia 22.

O tema deste ano é democracia“Sejamos o pesadelo dos que querem roubar nossa Democracia” e promete ser um grande ato contra o presidente Jair Bolsonaro, que diversas vezes atacou a comunidade LGBT e seus direitos.

Confira as datas da programação: 

16/11/2020 – Coletiva de Imprensa
19/11/2020 – Prêmio Cidadania em Respeito a Diversidade
20/11/2020 – Feira Cultural da Diversidade
20/11/2020 – Corrida Diversity Run Celebration
20/11/2020 – Encontro de Organizadores de Parada
21/11/2020 – Jogos da Diversidade
22/11/2020 – 24ª Parada LGBT+ de São Paulo.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!