CartaExpressa

Senado pagará viagem de Flávio Bolsonaro à Espanha para evento de extrema-direita

Farão parte do seminário discussões sobre ‘a pauta conservadora, ideologia de gênero (sic), feminismo e aborto’

O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ). Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
Apoie Siga-nos no

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), autorizou o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) a viajar a Madrid, na Espanha, para participar do seminário Veritas Liberat. Os custos serão bancados pela Casa Alta, com recursos públicos.

O evento está marcado para 14 de outubro. Uma convocação na internet diz que o objetivo da agenda é “falar sobre a atual situação do Brasil em relação às perseguições políticas e à falta de liberdade que a gente está sofrendo”. Também farão parte do evento discussões sobre “a pauta conservadora, ideologia de gênero (sic), feminismo e aborto”.

No pedido de autorização para a viagem, Flávio declarou ao Senado que estará ausente do Brasil entre 12 e 16 de outubro, “para desempenho desta missão”. O aval do Congresso Nacional foi formalizado na última terça-feira 19.

Segundo a decisão de Pacheco, o Senado arcará com o “ônus” relativo a passagens e diárias, a fim de viabilizar a participação do senador de extrema-direita no evento conservador.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.