CartaExpressa

Ricardo Salles pediu demissão após saber que seria preso, diz jornal

O ex-ministro é alvo do inquérito que apura sua participação em um esquema de extração e venda ilegal de madeira

Ministro Ricardo Salles - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Ministro Ricardo Salles - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, pediu demissão do cargo ao saber que o ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, pediria sua prisão. A informação é do Estadão.

O risco de prisão foi avisado a Salles por um colega na terça-feira 23. Um dia depois, ele comunicou ao presidente Jair Bolsonaro a sua decisão de deixar o ministério.

Segundo informações, Bolsonaro ainda tentou fazê-lo mudar de ideia e ‘enfrentar o STF’. Salles teria recusado por ver como ‘insustentável’ a sua permanência na pasta e por ‘temer pela segurança’ da mãe, também alvo das investigações.

O ex-ministro é alvo do inquérito, autorizado pelo Supremo, por supostamente atuar em um esquema de extração e venda ilegal de madeira. A prisão teria como base a atuação de Salles para atrapalhar as investigações.

O pedido de demissão deve tirar o caso das mãos do ministro Alexandre de Moraes, já que, com a saída da pasta, Salles não tem mais foro privilegiado.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!