CartaExpressa

Procurador que agrediu colega mulher é preso

A polícia entendeu que, em liberdade, o acusado coloca em risco a vida das mulheres envolvidas no caso

Créditos: Reprodução/Redes Sociais
Créditos: Reprodução/Redes Sociais
Apoie Siga-nos no

O procurador Demétrius Oliveira de Macedo foi preso nesta quinta-feira 23 por ter espancado uma procuradora em Registro. Sua prisão preventiva foi pedida pelo delegado Daniel Vaz Rocha na quarta-feira 22, mas os policiais só o encontraram nesta manhã.

A Polícia Civil abriu uma investigação sobre o caso que contou com a análise de fotos e vídeos da agressão, além do depoimento da vítima, Gabriela Samadello Monteiro de Barros.

Segundo a corporação, o acusado “vem tendo sérios problemas de relacionamento com mulheres no ambiente de trabalho, sendo que, em liberdade, expõe a perigo a vida delas, e consequentemente, a ordem pública”.

O boletim de ocorrência narra que Demétrius agrediu a mulher, inicialmente, com uma cotovelada na cabeça e seguiu desferindo socos no rosto da vítima. A procuradora informou ter tentado se defender e, inclusive, ter recebido ajuda de uma funcionária que foi empurrada contra a porta e bateu as costas na maçaneta. No vídeo da agressão, é possível ver que o acusado também ofende Gabriela várias vezes.

A agressão teria sido motivada pelo fato de a procuradora-geral chefe ter aberto um procedimento disciplinar contra Demétrius por má conduta no ambiente de trabalho. Em depoimento à Polícia, ele alegou que sofria assédio moral.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.