CartaExpressa,Política

Para 63% dos brasileiros, suspeitas de corrupção no governo Bolsonaro são verdadeiras, diz XP/Ipespe

Para 63% dos brasileiros, suspeitas de corrupção no governo Bolsonaro são verdadeiras, diz XP/Ipespe

Luis Miranda e Bolsonaro. Foto: Reprodução

Luis Miranda e Bolsonaro. Foto: Reprodução

A pesquisa XP/Ipespe que indicou o aumento da desaprovação ao governo de Jair Bolsonaro e ao modo como o presidente administra o País também é ruim para a gestão federal em outro ponto crucial: a percepção sobre corrupção.

81% dos entrevistados tomaram conhecimento da acusação de que houve corrupção no acordo por 20 milhões de doses da vacina Covaxin. Apenas 17% não tomaram conhecimento.

Entre os que sabem das acusações, 69% atribuem as suspeitas de corrupção na compra de vacinas a membros do governo Bolsonaro, 15% ao próprio presidente e 28% aos dois. 5% disseram não atribuir a nenhum dos dois.

Para 63%, as suspeitas de corrupção são provavelmente verdadeiras, enquanto 26% as classificam como provavelmente falsas.

Além disso, 59% dos entrevistados afirmaram que investigações podem afetar a opinião sobre o governo: 41% disseram que podem afetar muito e 18% declararam que podem afetar um pouco. Para 36%, as investigações não afetarão a avaliação a respeito da gestão Bolsonaro.

 

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem