CartaExpressa

Paes contraria Bolsonaro e diz que desfile do 7 de Setembro será no Centro, ‘onde sempre foi feito’

O ex-capitão tentou, nos últimos dias, impor a mudança do evento para a Praia de Copacabana, na Zona Sul

Foto: Fernando Frazão/ABR
Foto: Fernando Frazão/ABR
Apoie Siga-nos no

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), afirmou nesta sexta-feira 5 que o desfile do 7 de Setembro ocorrerá “onde sempre foi feito”, na Avenida Presidente Vargas, no Centro da cidade.

A decisão contraria o presidente Jair Bolsonaro (PL), que nos últimos dias revelou o desejo de levar o evento para a Praia de Copacabana, na Zona Sul. Exército e Ministério da Defesa, porém, não confirmaram qualquer mudança no local da parada militar.

“Evento organizado aonde o exército solicitou e aonde sempre foi feito. Simples assim!”, escreveu Paes nas redes sociais. “Prefeito aqui não trabalha na birra nem na fofoca. Preferências políticas e administração são coisas distintas. E as posições políticas aqui sempre foram claras.”

No início desta semana, apesar de uma logística “bastante complexa”, Paes chegou a se colocar à disposição para alterar o ponto do desfile. Um edital publicado no Diário Oficial do Município, no entanto, prevê a realização do evento na Presidente Vargas.

Nesta sexta, a ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, deu cinco dias para Bolsonaro explicar as mudanças no desfile de 7 de Setembro no Rio. O despacho se dá no âmbito de uma ação apresentada pela Rede Sustentabilidade, que vê uso eleitoreiro na estratégia.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.