CartaExpressa

Onde Bolsonaro terá mais voto do que Lula no Nordeste, segundo Ciro Nogueira

Na região, o petista tem os maiores índices de popularidade e, por outro lado, o atual presidente apresenta elevada rejeição

Ciro Nogueira e Jair Bolsonaro Foto: Evaristo Sa/AFP
Apoie Siga-nos no

O ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI), reconhece que o ex-presidente Lula (PT) terá mais votos que o presidente Jair Bolsonaro (PL) no Nordeste, mas aposta que o ex-capitão conseguirá diminuir a diferença durante a campanha eleitoral.

“O presidente Lula é muito forte no Nordeste, mas já foi mais. Tem índice hoje muito melhor que tinha o Haddad. Eu não tenho dúvida”, afirmou o ministro à revista Veja. “Se eu disser para você que o Bolsonaro vai ganhar no Nordeste, não. Mas vai diminuir muito a diferença. Vocês vão tomar um susto do que vai acontecer. O Lula vai perder em todas as capitais do Nordeste”.

Na região, o petista tem os maiores índices de popularidade e, por outro lado, o atual presidente apresenta elevada rejeição.

Na conversa, Nogueira declarou ainda que o PT está dando a vitória de Lula como certa. “Lula está igual a Fernando Henrique quando sentou aqui na prefeitura. Sentou. Olha aqui, foi lá. Quem foi o prefeito? Jânio (Quadros). É a mesma coisa. O jogo ainda nem começou.”

Por fim, o ministro ainda chamou Bolsonaro de democrata e garantiu que ele entregará o cargo em caso de derrota.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar