CartaExpressa

Obama diz que Bolsonaro e Trump minimizam a ciência

Obama diz que Bolsonaro e Trump minimizam a ciência

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama foi o entrevistado do programa de Pedro Bial, na TV Globo, nesta segunda-feira 16. Ao falar sobre Jair Bolsonaro, o democrata disse que não poderia opinar sobre quem ele não conhece, mas comparou o presidente brasileiro ao norte-americano Donald Trump.

“Posso dizer que, com base no que vi, as políticas dele, assim como as de Donald Trump, parecem ter minimizado a ciência da mudança climática”, afirmou. “Olhando para a pandemia, Donald Trump, assim como o Brasil, não deu ênfase para a ciência e teve consequências para ele [Trump]”.

Bial perguntou a opinião de Obama sobre a provocação feita por Bolsonaro a Biden ao dizer que “quando acabar a saliva, tem que ter pólvora”, rebatendo o posicionamento do democrata norte-americano sobre as queimadas na Amazônia.

“Minha esperança é que, com a nova administração de Biden, há uma oportunidade de redefinir essa relação. Sei que ele vai enfatizar que a mudança climática é real, que os Estados Unidos e o Brasil têm um papel de liderança a desempenhar. Sei que ele vai valorizar a ciência sobre a Covid-19, e o fato de que o vírus é real”, respondeu.

Obama diz que Bolsonaro e Trump minimizam a ciência . Foto: Reprodução/TV Globo.

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem