CartaExpressa,Política

O alerta de Dino a Lula: cuidado com atentados em 2022

O alerta de Dino a Lula: cuidado com atentados em 2022

O governador do Maranhão demonstrou receio com a segurança do petista, que lidera as intenções de voto para o pleito presidencial

Flávio Dino e Lula. Fotos: Divulgação/Governo do Maranhão e Miguel Schincariol/AFP

Flávio Dino e Lula. Fotos: Divulgação/Governo do Maranhão e Miguel Schincariol/AFP

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), recomendou a Lula, provável candidato do PT à Presidência em 2022, que tome cuidado com possíveis tentativas de atentado nas eleições. O alerta foi feito durante encontro em São Paulo, neste mês.

A informação foi divulgada inicialmente pelo jornalista Ricardo Noblat, do Metrópoles, e confirmada por CartaCapital. Dino teme que, em um cenário que aponta para uma derrota de Jair Bolsonaro, a campanha eleitoral seja marcada por atos de violência.

A preocupação com a segurança de Lula é compartilhada por outros ‘conselheiros’, que avaliam a necessidade de limitar a exposição do ex-presidente durante a corrida eleitoral.

Pesquisas recentes indicam que Lula lidera as intenções de voto para a Presidência no 1º e no 2º turnos, com uma considerável vantagem sobre Bolsonaro. Diante dessa constatação, o presidente tem elevado o tom das pressões pela adoção do chamado ‘voto impresso auditável’.

Na quinta-feira 22, o assunto chegou ao ponto mais tenso, com a notícia, divulgada pelo jornal O Estado de S.Paulo, de que o general Walter Braga Netto, ministro da Defesa, ameaçou a realização das eleições em 2022 caso não seja adotado o voto impresso. O militar teria enviado um ‘recado’ ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

 

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Editor do site de CartaCapital. Twitter: leomiazzo

Compartilhar postagem