CartaExpressa

MPT recebe 60 denúncias de comparecimento obrigatório ao trabalho em áreas alagadas no RS

A submissão de empregados a situações de risco, de maneira injustificada, pode caracterizar abuso de poder por parte do empregador e gerar direito à indenização

Rio Grande do Sul vai passar pela maior reconstrução da história do país. Foto: Lauro Alves/GOVRS, Corpo de Bombeiros/GOVRJ, Carlos Fabal/AFP e SEDAC/GOVRS
Apoie Siga-nos no

O Ministério Público do Trabalho (MPT) do Rio Grande do Sul recebeu 60 denúncias de violações trabalhistas relacionadas a chuvas e inundações que atingem o estado desde o início de maio. 

A maioria das denúncias é relacionada ao comparecimento obrigatório ou permanência de empregados em áreas inundadas, ou sob risco. O levantamento foi divulgado pelo órgão nesta terça-feira 14. 

Cerca de 80% dos casos se concentra na região de Porto Alegre. A submissão de empregados a situações de risco, de maneira injustificada, pode caracterizar abuso de poder por parte do empregador e gerar direito à indenização.

Em alguns casos, as irregularidades podem ser classificadas, ainda, como assédio trabalhista. 

As 60 denúncias estão sendo, agora, investigadas pelo MPT em regime de urgência e com tramitação prioritária. 

Trabalhadores gaúchos podem fazer denúncias de irregularidades trabalhistas no site do MPT.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.