CartaExpressa

Milton Ribeiro pediu orações por causa de ação no STF em culto três dias antes de ser preso

Pedido foi feito durante culto na igreja Presbiteriana Jardim de Oração de Santos, onde ele é pastor

O ex-ministro Milton Ribeiro
O ex-ministro Milton Ribeiro
Apoie Siga-nos no

Três dias antes de ser preso, o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro pediu oração aos fiéis da igreja onde é pastor por conta de uma ação que responde no Supremo Tribunal Federal (STF) por homofobia. A fala foi feita durante o culto da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração de Santos, em São Paulo, no último domingo.

— Quero também pedir aos irmãos que orem por mim. Semana passada fui informado que tem uma ação contra mim por homofobia, porque eu me neguei a permitir que crianças de 6 a 10 anos fossem expostas a ideologia de gênero. Não é nada para os irmãos se envergonharem de mim, mas eu gostaria muito que os irmãos orassem por mim. Essa semana devo ir para Brasília, então gostaria de contar com as orações dos irmãos — falou o ex-ministro.

Milton Ribeiro foi denunciado ao STF em janeiro deste ano pela Procuradoria-Geral da República. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o pastor afirmou que a homossexualidade não seria normal e atribuiu sua ocorrência a “famílias desajustadas”.

Agência O Globo

Agência O Globo
Agência de notícias e de fotojornalismo do Grupo Globo.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.