CartaExpressa

Lula: ‘Vamos revogar o Teto de Gastos’

Para o ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia, a proposta ‘não precisa assustar o mercado’

O ex-presidente Lula. Foto:  Fabrice COFFRINI/AFP
O ex-presidente Lula. Foto: Fabrice COFFRINI/AFP

O ex-presidente Lula criticou nesta quinta-feira 17 o Teto de Gastos, que, segundo ele, interessa ao “sistema financeiro” e “aos banqueiros”. O provável candidato do PT ao Planalto em 2022 se comprometeu a revogar a medida, se eleito.

“É preciso parar de confundir investimento no pobre com gasto. Neste País, lamentavelmente, é assim: quando você pega 1 bilhão e dá para um rico, é investimento, mas quando pega 300 reais e dá para o pobre, é gasto”, afirmou Lula em entrevista à rádio Jovem Pan News Natal.

“Nós vamos revogar o teto de gastos, é importante todo eleitor saber”, acrescentou.

Pelo Twitter, o ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (RJ), que foi expulso do DEM nesta semana, comentou a declaração do petista. “A proposta do Lula não precisa assustar o mercado. O próprio Paulo Guedes fez pior do que revogar o teto de gastos: ele descumpriu e desmoralizou o teto em troca da reeleição do Bolsonaro”, escreveu Maia.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!