CartaExpressa

Lewandowski autoriza uso da Força Nacional em 6 estados durante o CNU

A decisão é válida por 90 dias

Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil
Apoie Siga-nos no

O ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, autorizou o uso da Força Nacional em seis estados, durante a realização do Concurso Público Nacional Unificado.

A decisão é válida para os municípios de Cruzeiro do Sul, no Acre; Oriximiná, Santana do Araguaia, Monte Alegre e Redenção, no Pará; Corumbá, no Mato Grosso do Sul; Alta Floresta, no Mato Grosso, Rorainópolis, em Roraima; e na terra Indígena Uru-Eu-Wau-Wau, em Rondônia.

Segundo texto das portarias, a medida visa garantir a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, e é válida por 90 dias.

A atuação da Força Nacional de Segurança se dará em apoio ao Ministério da Gestão e da Inovação e à Fundação Nacional dos Povos Indígenas, órgãos responsáveis pela aplicação do concurso, que selecionará candidatos para ingresso no serviço público.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar