CartaExpressa,Política

Juiz proíbe evento com duas mil pessoas para receber Bolsonaro no interior paulista

Juiz proíbe evento com duas mil pessoas para receber Bolsonaro no interior paulista

Foto: Alan Santos/PR

Foto: Alan Santos/PR

O juiz Darci Lopes Beraldo proibiu a realização de um evento para recepcionar o presidente Jair Bolsonaro no próximo sábado 28 em Presidente Prudente (SP). A prefeitura havia autorizado a festa, à qual compareceriam cerca de duas mil pessoas.

Beraldo, porém, acatou uma ação movida pelo Ministério Público de São Paulo, que alegou desrespeito às regras sanitárias. Ele também estabeleceu uma multa de 2 milhões de reais em caso de descumprimento da decisão. A informação é do jornal O Estado de S.Paulo.

O prefeito Ed Thomas (PSB) assinou, em 13 de julho, um decreto que permitia a presença de 1.200 pessoas. Na última terça-feira 27, editou um novo decreto no qual autorizava a reunião de 2.000 apoiadores de Bolsonaro.

Em nota, a prefeitura informou que, após a decisão judicial, revogou os decretos que liberavam o evento “que estava sendo organizado por entidades ruralistas”.

 

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem