CartaExpressa

Flávio Bolsonaro defende Wajngarten e chama Renan de ‘vagabundo’ na CPI

‘Vagabundo é você, que roubou dinheiro do pessoal do seu gabinete’, devolveu o relator da comissão

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), que não é integrante da CPI da Covid, se manifestou na sessão em que o colegiado toma o depoimento do ex-secretário de Comunicação da Presidência Fabio Wajngarten. O filho de Jair Bolsonaro saiu em defesa do ex-chefe da Secom e atacou o relator da comissão, o senador Renan Calheiros (MDB-AL).

“É o cúmulo do absurdo vermos uma pessoa honesta, falando a verdade aqui, e estão tentando tirar uma entrevista como parâmetro do que é verdade ou não aqui na CPI”, disse Flávio.

“Imagina a situação: um cidadão honesto ser preso por um vagabundo como Renan Calheiros. Olha a desmoralização”, emendou o filho do presidente.

Renan, então, rebateu: “Vagabundo é você, que roubou dinheiro do pessoal do seu gabinete”.

Antes, Calheiros havia pedido a prisão de Wajngarten por, segundo ele, mentir na CPI. A solicitação não foi endossada pelo presidente da comissão, o senador Omar Aziz (PSD-AM).

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!