CartaExpressa

Erika Hilton: Precisamos romper com a herança da colonização

Erika Hilton: Precisamos romper com a herança da colonização

Primeira vereadora transexual eleita em São Paulo, Erika Hilton (PSOL) disse que Brasil declarou “falsa” abolição da escravidão e protestou por direitos a população negra.

“São 140 anos de uma falsa abolição, e continuamos em marcha”, protestou a vereadora em manifestação pelo Dia da Consciência Negra. “É preciso que a sociedade brasileira rompa com esse lastro escravagista, com essa herança maldita da colonização.”

“Nós estamos fazendo história. Nós chegamos, pretas, pobres, putas, moradoras em situação de rua, com uma mulher mais votada desse país”, disse.

Erika Hilton homenageou também a vereadora assassinada Marielle Franco (PSOL), Dandara dos Palmares e o abolicionista Luiz Gama.

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem